Qual é a pressa?


Ver miúdos crescer é capaz de ser das melhores coisas que nos fica. Não só para os pais e avós, mas para todos os cuidadores que passam pelas suas vidas. Tios, amigos dos pais que são como família, educadores, professores.

Tanta gente que acompanha as crianças e que as vê crescer todos os dias. Todos os dias há coisas novas, há conquistas, seja em que idade for. Mas de tempos a tempos ouvimos alguém dizer, "o tempo passa num instante"... "a vida passa a correr".

A vida passará mesmo a correr, ou seremos nós que passamos a correr por ela, para chegar a todo o lado e a lado nenhum? Tudo ao mesmo tempo.

Amanhã, dia da criança, a interpelação que se impõe é esta: qual é a pressa? Porque nos deixamos levar e levamos os miúdos atrás?

O que é que as circunstâncias nos ditam e o que é que acaba por ser escolha pessoal?

Não conseguimos ver crescer em doses pequeninas e muito menos a correr. Aí sim, as crianças crescem e não damos conta. "Crescem num abrir e fechar de olhos", ouve-se dizer. Não se enganem. Se deixamos crianças crescer num abrir e fechar de olhos é porque cresceram sem olharmos para elas, sem darmos conta, sem darmos colo. E o colo não se pode dar às pinguinhas, tem que ser todos os dias e aos montes. Já que se assinala um dia no ano como o Dia da Criança, aproveitemos para refletir sobre as escolhas que fazemos e que implicações têm na vida dos nossos filhos. As crianças estão aí, à nossa frente, todos os dias.

Seja parte da história.

#parentalidadepositiva

74 visualizações

Contacte-nos:

caminhosdainfancia@gmail.com

Tel.: 21 136 85 14

Caminhos da Infância

Rua margarida de abreu, n.º4

1900 - 314 Lisboa

© 2013
 Proudly made by Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now