Ouvir histórias faz-nos crescer!


Nunca é demasiado cedo para ler. Ler para os seus filhos e ler com os seus filhos.

As evidências indicam que ler para os bebés traz-lhes benefícios. A leitura diária fortalece as conexões neuronais de base ao desenvolvimento da linguagem e da literacia. Nos primeiros meses das crianças, ler-lhes em voz alta ajuda a desenvolver a audição, a reconhecer a voz dos cuidadores, a ouvir vocabulário variado, a desenvolver a atenção, a vinculação aos cuidadores e a relaxar. Alguns estudos indicam mesmo que o número de palavras que as crianças ouvem diariamente está relacionado com o sucesso académico no futuro.

Iniciar, desde cedo, este hábito da leitura é muito importante. Nesta idade, o contacto com os livros permite desenvolver o gosto pelos livros e aprender como funcionam. Compartilhar livros também fortalece o relacionamento pais-filhos e são momentos que podem representar uma pausa essencial nos dias mais agitados.

De acordo com a Academia Americana de Pediatria, “ler regularmente com crianças pequenas estimula padrões ótimos de desenvolvimento do cérebro e fortalece o relacionamento entre pais e filhos num momento crítico do desenvolvimento infantil, contribuindo para o desenvolvimento de competências de linguagem, de literacia e sócio-emocionais, que duram uma vida inteira”.

Por tudo isto, ouvir, ler e contar histórias faz-nos crescer!

Sugestões:

  • Nos primeiros meses pode optar por livros com rimas, lengalengas, músicas, livros macios ou de banho, que os bebés possam tocar, sentir e explorar. Embora sejam pequeninos os bebés gostam da sua companhia, de ouvir os sons da sua voz. Use uma voz melodiosa, diferentes ritmos e tons de voz.

  • No segundo semestre pode começar a oferecer histórias curtas e simples, com ilustrações, permitindo à criança explorar os livros, abrir e fechar e virar páginas.

  • Opte por livros com histórias simples, com rimas e frases que se repetem, com figuras familiares (ex. animais). Depois de um ano muitas crianças já têm uma história favorita, que gostam de repetir vezes sem conta. Na leitura do livro pode ir pedindo aos seus filhos para apontarem e nomearem figuras, para fazerem os sons dos animais, etc.

  • À medida que a criança cresce e de acordo com as características e interesses da mesma, pode ir apresentando histórias mais longas, livros em papel, com imagens e palavras cada vez mais complexas. Implique os seus filhos na leitura do livro, usando gestos, mimicas (ex. pula como o coelho), diferentes tons de voz, rimas engraçadas, sons mais graves ou mais estridentes.... Pode ir pedindo para identificarem as figuras, para descreverem as ações, para explorarem as imagens, pausando para que os seus filhos terminem as frases, fazendo conexões entre a história e a vida real, etc. Esta interação pode ser cada vez mais complexa e ajuda os seus filhos a desenvolverem a linguagem e o pensamento.

  • Não precisa de ler as palavras exatas: às vezes, basta ir nomeando e descrevendo as imagens. Pode começar por onde preferir, seguindo a ordem que lhe apetecer, sem pressão para ler o livro do início ao fim.

  • Podem ler num sitio calmo, confortável, sem outros estímulos de fundo. No entanto, contar uma história, com ou sem o suporte de um livro, pode acontecer a qualquer momento da rotina dos seus filhos, não há uma altura certa ou errada para o fazer. Cada um desses momentos representa uma oportunidade para fortalecer a conexão com os seus filhos.

  • Faça perguntas abertas: O que é? O que está a acontecer aqui? Como é que ela se sente agora? O que é que vai acontecer a seguir?. Responda com encorajamento e expanda o que os seus filhos dizem acrescentando mais informação.

  • Os livros são um excelente meio para abordar de forma mais leve temas com os quais não se sente tão à vontade para explorar com os seus filhos. Podem ainda ajudar a ensinar algumas competências de forma lúdica.

  • Deixe os seus filhos contarem a história, descrevendo as imagens, imaginando o que se está a passar, pela ordem que entenderem.

  • Dê amor, atenção e mimo enquanto leem.

Adaptado de American Academy of Pediatrics, 2014; MacLaughlin & Parlakian, 2017; Webster-Stratton, 2011.

#desenvolvimento #parentalidadepositiva #estimulação #infância

Contacte-nos:

caminhosdainfancia@gmail.com

Tel.: 21 136 85 14

Caminhos da Infância

Rua margarida de abreu, n.º4

1900 - 314 Lisboa

© 2013
 Proudly made by Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now