Explorar e crescer com valores

No início de janeiro (Cientistas, micróbios e ar livre.) apresentámos as primeiras duas razões para apostarmos numa vida mais na rua, que nos provam que aproveitar a natureza traz grandes benefícios: 1ª) aprender e 2ª) ganhar imunidades!Hoje, apontamos as duas outras razões que nos levaram a escrever estes artigos. Assim, e em terceiro lugar (mas não por ordem de importância!) impõe-se dar atenção à necessidade de proporcionar desafios às crianças. Bem, desafios é talvez a forma mais ligeira de dizer "riscos". A verdade é que lidamos tanto melhor com o risco na medida em que passámos por ele. E a exploração de espaços desafiantes permite à criança o desenvolvimento de um sem fim de competênc

O petróleo do século XXI? A CRIATIVIDADE!

A expressão não é minha, é de Xavier Aragay[1] (especialista em "transformações na educação") e trago-a a propósito da conferência promovida hoje no Museu da Eletricidade, pela CIP, sobre “O Futuro do Trabalho em Portugal”. O estudo foi elaborado em parceria com o McKinsey Global Institute e a Nova School of Business and Economics e mede o potencial de automação da economia portuguesa até 2030. Os meus filhos já nasceram no século XXI. Se tudo correr dentro dos padrões, o mais velho estará apto para entrar no mercado de trabalho em 2032. 2032! As conclusões de hoje não me poderiam interessar mais. O que é que estou hoje a oferecer aos meus filhos para que eles saibam viver em 2032? O que est

Cientistas, micróbios e ar livre

Andar na rua, passear em matas, praias, jardins, visitar quintas e tantos outros espaços ao ar livre, podem ser bons propósitos para o novo ano. Os benefícios são mais que muitos. Conseguimos estruturar três ordens de razão para andarmos com miúdos ao ar livre, e ainda uma quarta razão que acaba por ser transversal a todas as outras. Mas vamos por partes. Quinta do Pisão - Espaço sempre aberto, gratuito (https://www.cascais.pt/equipamento/quinta-do-pisao-parque-de-natureza) Em primeiro lugar percebemos que as crianças são pequenos cientistas! Por elas, ficam a saber que há certos bichos que precisam do escuro para viver (basta espreitar a terra) e que muitas vezes acabam por ser a refeição d

Contacte-nos:

caminhosdainfancia@gmail.com

Tel.: 21 136 85 14

Caminhos da Infância

Rua margarida de abreu, n.º4

1900 - 314 Lisboa

© 2013
 Proudly made by Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now